Av. Dom Pedro I, 656 - Vila Monumento - São Paulo - SP

Cargas críticas

DSC_0244

As instalações de cargas críticas são basicamente mistas, compostas por cargas normais, de emergência e críticas.

Cargas normais são aquelas que podem sofrer interrupção de energia por tempo  indeterminado e não interferindo na principal fonte de produção da instalação: Ex.: iluminação de áreas comuns, banheiros, garagens e corredores, e tomadas de uso comum, etc.

Cargas de emergência são aquelas que podem sofrer interrupção de energia por tempo mínimo e que não afetará a principal fonte de produção da instalação, sendo necessário, muitas vezes, um sistema de energia alternativa através de Geradores, garantindo que as cargas prioritárias dependentes não deixem de funcionar até o restabelecimento normal da energia. Alguns exemplos de cargas de emergência: centrais de água gelada, no-break’s, iluminação, elevadores, tomadas de uso específico, retificadores de baterias, bombas de água gelada, bombas de condensação, etc.

Cargas críticas são aquelas que não podem sofrer interrupção de energia não programadas, e a falta de energia afeta toda ou parcialmente a principal fonte de produção. Este tipo de ocorrência gera prejuízos. Ex.: centros de processamentos de dados (CPD) e centros de tele processamentos (CTP), estes dois sistemas trabalham ininterruptamente para atender milhões de usuários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *